O Amor.

O Amor é um sentimento ousado. Ele se considera autossuficiente e tem a prepotência de se achar a solução de todos os males. É petulante a ponto de afirmar não ser possível a felicidade sem ele. Que não se precisa de mais nada que não ele.
Apesar de sua natureza simples, o amor é um sentimento com mania de grandeza, com seus reinos luxuosos e grandes atos de herísmo e festas caras exalando riquezas. Tudo isso vicia e alucina, por vezes chegando a cegar.
O amor é um sentimento ditador. Ele quer impor suas regras sobre qualquer outra já existente, não aceitando meio-termo, não se abrindo pra qualquer tipo de diálogo.
O amor é um sentimento egoísta. Não admite dividir o coração com outro sentimento, quer eterna exclusividade. Reafirma que somente com ele a vida tem sentido e vale a pena.
Por vezes, é visto caminhando lado a lado com seu irmão gêmeo, o ódio.


depois teclamos.
Imagem: meroanjo.blogspot.

2 comentários:

meuespelhoqueodiga.com.br disse...

Ola
O seu blog continua mais lindo ainda
Esta mais organizado. Fazia um tempinho que não passava por aqui.
Amei visitá-lo.
Passei para convidar para conhecer meu novo blog.
Um grande abraço

Regina Rozenbaum disse...

Duas faces da mesmíssima moeda!
Beijuuss mininu amaaado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...