Atalhos.

De tanto fazer sempre as mesmas coisas, chega um tempo na vida em que elas ficam enraizadas, sendo executadas de forma automática. E apesar das novas tecnologias, continua-se fazendo as mesmas coisas dos mesmos jeitos. São os atalhos.
Chega um tempo na vida onde não se quer aprender mais nada. Apesar das milhares de coisas da vida, não se quer aprender ou ensinar mais nada. Percebe-se que desafiar a vida é uma perda de tempo, uma batalha inglória.
Chega um tempo onde tudo o que se quer é sentar em frente a tevê com o controle nas mãos e confortavelmente esperar...

depois teclamos.
Imagem: google.

8 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

E fica aguardando o quê? O apocalipse?kkkkkkkkkkk Realmente não dá pra des_afiar a vida, mininu amado...ela é afiada por demais!
Beijuuss n.a.

Cecilia sfalsin disse...

Chega um tempo que realmente, não queremos mais nada a não ser tomar conta do controle , do sofá e da tv, sem horas para sair...só esperar....rsrs

Beijos Rike..

Shirley Ramos disse...

Pelascaridades, eu espero sinceramente que este tempo nunca chegue pra mim! rs :-( Abração, Rike!

Sissym disse...

Rike, tem horas que é bom demais não fazer nada mesmo!

Beijos

Barbie Californiana disse...

Até esperar é uma decisão... e diante do desgaste que a vida gera, às vezes é bom recarregar as energias, descansando... pausando... e não fazendo nada. abraços e tudo de bom!

Minhoca Manca disse...

Fazer nada tb cansa, entedia... Mas em pqnas doses é bom demais!! ;)

****KOISAS DE KEKE**** disse...

Tem uma hora na vida que o melhor é não fazer nada e deixa-lá te conduzir,sem planos,sem regras,sem pressa,com muita fé na vida,sempre,linda mensagem,abraços.

Sueli Souza disse...

É verdade!
Há momentos na vida que o que queremos é não fazer nada, esquecer tudo, e relaxar.
Abraços.
http://recordandomomentos-sueli.blogspot.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...